Depois de anos com chuvas irregulares em toda a região os meteorologistas veem mudanças no horizonte.

Entenda um pouco mais sobre como será a chuva para a próxima safra.

img_satelite_2O horizonte neste caso é o sul da Amazônia.

Nas imagens de satélite nota-se que a nebulosidade consegue penetrar pelo noroeste do Brasil. E a chuva que vem da floresta amazônica é muito importante.

Esta quantidade de nuvens que vemos nesta imagem é bem incomum, já que o mês de agosto é o mais seco do ano em praticamente toda a Região Sudeste e é comum não chover nada na maior parte do Centro-Oeste.

A maior parte da umidade que causa chuva no Sudeste vem de lá. Ao se juntar com frentes frias “rega” os estados por onde passa.

E este ano El Niño desapareceu e o bloqueio atmosférico foi junto com ele.

Várias frentes frias passaram causando chuva e se compararmos a situação de 2016 com 2015 a chuva foi mais generosa em áreas de grande produção agropecuária.

Quando comparamos os dois anos podemos ver o efeito da chuva acumulada em vários polos agroindustriais.

Comparação entre a chuva de 2015 e 2016

Estes gráficos mostram a chuva média da região d de forma bem clara. São informações de diversos órgãos de governo gerados pelo CPTEC/INPE.[1]. As áreas analisadas são grandes, com 2,5o x 2,5o,, cerca de 75 mil Km2. As linhas se referem ao período de 1981 a 2014.

acumulo1     acumulo_2

Nesta imagem podemos ver que o valor acumulado em 2015 começa abaixo do valor mínimo do período estudado. Já 2016 inicia e se mantém com chuva em torno da média até o bimestre Junho-Julho.

acumulo_3    acumulo_4

Situações similares também são observadas no Triângulo Mineiro e no Noroeste de Minas Gerais.

acumulo_5    acumulo_6

O clima deve ser bom na safra 2016/2017?

Neste começo de setembro de 2016 a situação é considerada neutra no Oceano Pacífico Equatorial. A maior parte dos modelos matemáticos sugere a permanência de La Ninha até o outo no de 2017.[2]

iri

Ao que tudo indica a chuva deve ficar em torno e até acima da média na Região Sudeste do Brasil. Mesmo assim podem ocorrer veranicos nos períodos mais críticos da safra, ou o mais provável, pode chover demais na época da colheita.

[1] http://clima1.cptec.inpe.br/evolucao/pt
[2] http://www.cpc.ncep.noaa.gov/products/analysis_monitoring/enso_advisory/figure6.gif


A previsão para sua fazenda está na Climatempo

Detalhes para as próximas 72 horas, previsão do tempo estendida para 15 dias e a previsão de clima para até 12 meses.

destaque-agro-ebook-2