Dias de sol e calor extremo também são efeitos do El Niño

É muito comum falarmos em como o tempo instável e os temporais são capazes de prejudicar o andamento de um canteiro de obras. No entanto, o inverso também ocorre, isto é, o tempo firme com sol forte e muito calor também podem ser vilões para os gerentes de obras.

Estamos em ano de El Niño, um fenômeno climático que é caracterizado por trazer uma grande subsidência de ar para a Região Nordeste. Desta forma a estação chuvosa fica comprometida, com chuva bem abaixo da média climatológica.

anomaliamensal_ne

No mapa é possível ver que o predomínio durante o mês de outubro de 2015 são de áreas com chuva abaixo da média climatológica nos tons em laranja e amarelo.

Qual é o problema do ar seco para o meu canteiro de obras?

É muito comum pensar nos temporais e na chuva como um fator de atrasos e até mesmo acidentes na construção civil. Mas o tempo seco também é um grande vilão. Iniciar uma grande obra durante um ano de El Niño sobre áreas do Nordeste pode acarretar em prejuízos caso esta não seja bem planejada. A falta de água disponível para a utilização no canteiro de obras pode ser um fator limitante na evolução, além disso o bem se torna mais caro, o que compromete o orçamento inicial e pode gerar um gasto acima do previsto.

O bem estar dos colaboradores é outro fator que pode sofrer com tal adversidade do tempo. O grande período de exposição ao sol, pode trazer problemas para a pele e também insolação. Em casos de calor extremo é necessário que a obra seja interrompida e os trabalhadores retirados.

Diversos materiais também podem ser comprometidos pelo forte calor, essa situação gera um custo e a perda de material se torna um prejuízo.

Veja a entrevista com o meteorologista Alexandre Nascimento falando sobre a tendência de chuva para o norte do Sudeste e Região Nordeste em ano de El Niño.


banner-downburs-tornados